O Efeito Dunning-Kruger

Note: This is an old post. The opinions and views expressed here may not reflect the author's current thinking.

A Wikipédia é uma maravilha. Além de servir como fonte de trabalhos escolares prontos, possui artigos que mais parecem notícias do Terra. Um deles é o Efeito Dunning-Kruger, fenômeno pelo qual indivíduos que possuem pouco conhecimento sobre um assunto acreditam saber mais que outros que possuem muito mais conhecimento.

O efeito foi estudado por David Dunning e Justin Kruger, através da observação de habilidades como compreensão de leitura, operação de veículos e em jogos de xadrez ou tênis. Basicamente o estudo pode ser resumido em 4 itens:

  • Indivíduos incompetentes tendem a superestimar seu próprio nível de habilidade.
  • Indivíduos incompetentes não reconhecem habilidade genuína em outros.
  • Indivíduos incompetentes não reconhecem o grau extremo de sua inadequação.
  • Se treinados para melhorar seu nível de habilidade, estes indivíduos serão capazes de reconhecer e admitir sua anterior falta de habilidade.

Ou então, como Charles Darwin disse:

“Ignorância, com mais freqüência do que o conhecimento, gera confiança.”

Ainda segundo o artigo, pessoas com real conhecimento tendem a subestimar sua própria competência, ou seja, o inverso das antas.

Provavelmente você concordará com o estudo, pois tem um chefe, colega de trabalho, amigo ou conhecido que apresenta o mesmo comportamento. Isso nos leva à um raciocínio interessante: se você concorda, você admite que há pessoas que acham que sabem mais que você. Sendo assim, você acredita que é mais inteligente que tais pessoas, superestimando seu próprio nível de inteligência, o que nos leva diretamente ao item 1. Então…