Introduzindo: SRO

Acabo de publicar no registro do npm o SRO, um módulo para rastreamento de objetos postais utilizando a API oficial dos Correios1.

Os principais objetivos desse projeto são validar os códigos entrados, agrupar as requisições e normalizar as respostas, facilitando o desenvolvimento de aplicações que necessitem desse tipo de informação. Como um bônus, o SRO também pode ser utilizado pela linha de comando, com os dados sendo apresentados em formato de tabela ou JSON.

O repositório também está disponível no GitHub. Algumas coisas ainda faltam, como testes e suporte a credenciais, mas espero conseguir trabalhar nisso durante as próximas semanas.


  1. Por mais que “oficial” nesse contexto signifique “escondida em algum PDF de uma área desconhecida do site oficial”. 

Outro recomeço

Mais uma vez esse blog sofre um reboot após um longo período de inatividade.

Muita coisa mudou desde a última vez que escrevi por aqui. Terminei a faculdade, mudei de cidade, entrei no mercado de trabalho, publiquei meu primeiro aplicativo. Nada disso, porém, justifica abandonar por tanto tempo o saudável hábito de escrever, e por esse motivo estou tentando me comprometer a produzir conteúdo com maior regularidade.

Além de voltar a escrever, pretendo também republicar algumas postagens antigas que se perderam durante as diversas migrações desse blog. Digo “algumas” porque, felizmente, não concordo mais com todas as opiniões do meu eu de 8 anos atrás, ou não acho que seu conteúdo encaixe novamente aqui.

Seja bem-vindo novamente, e até a próxima.